** FOTO: Meu paraíso no mundo. Terrinha da minha família em Minas – Corredeira**

Alain de Botton é um filosofo escritor, do livro A arquitetura da felicidade. Em seu livro ele diz que acredita que o ambiente afeta as pessoas de tal modo que não seria exagero dizer que a arquitetura é capaz de estragar ou melhorar a vida afetiva ou profissional de alguém. Uma de suas teses é de o que buscamos numa obra de arquitetura não esta longe do que procuramos num amigo. “Ao construir ou decorar um cômodo, as pessoas querem mostrar quem são, lembrar se si próprias e ter sempre em mente como elas poderiam ser. O lar, portanto, não é um refugio apenas físico, mas também psicológico, o guardião da identidade de seus habitantes.” Seguindo este raciocínio, o autor conclui nesta obra que cada arquitetura expõe uma visão da felicidade. 
Nosso lar é simplesmente um reflexo do que nos somos. Não apenas nos aspectos psicológicos mas também são nossos gostos, nosso humor e o nosso estilo de viver a vida. Quando decoramos e organizamos os ambientes, colocamos ali aquilo que faz nos sentir bem. Alguns até dizem que criamos em nosso ambiente aquilo que possa nos acolher e compensar o que vivemos porta a fora. Porque na maioria das vezes, quem tem uma vida agitada quando chega em casa tem seu cantinho zen. 
Quando nosso lar não esta organizado é sinal que nossa vida também não esta.
A sua casa vai falar sobre você naturalmente, não adianta forçar. As suas escolhas de disposição de moveis, decoração e organização vão ter a sua identidade. Nem adianta forçar a barra, rs. 
Organize-se para tornar sua casa pratica, para economizar seu tempo, otimizar seu espaço. Mas faça do seu jeito, no seu tempo. Sem se preocupar com a imagem que você esta passando. Temos que respeitar nosso momento, e até aproveitar um pouco do caos necessário. Uma casa que tem vida, tem bagunça. rs
Você já parou pra pensar no que sua casa representa pra você?
Eu ainda tenho muitos sonhos com relação a minha. To trabalhando firme e forte pra conquistar o meu cantinho. 
Vou deixar abaixo meu lema de vida (hahah) Esta musica muito me representa. 
“Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer 
CASINHA BRANCA – PENINHA”